sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Era uma madrugada fria e eu estava saindo de um desses cafés 24 horas, quando se aproximou de mim uma criança, sem nome e sem rosto:
- Tio, começou a falar aquela pirralha que, com certeza, não era minha sobrinha.
Mecanicamente, peguei no bolso uma nota de dois reais, entreguei à garota, entrei no carro e saí, furando a fria neblina daquela noite tipicamente paulistana, em direção à Av. Paulista.
Na esquina das avenidas 9 de julho e Brasil um farol bloqueou meu caminho e logo estava lá, ao lado do carro, um menino sem rosto e sem nome, batendo levemente no vidro.
Coloquei a mão no console do carro, peguei uma moeda, abri uma fresta, bem pequenina, na janela – o local era escuro e perigoso – e consegui passar a moeda para o guri, enquanto já acelerava o carro aproveitando o farol que anunciava que eu podia seguir tranquilo o meu caminho.
Comprei um jornal em uma banca próxima à rua Augusta e iniciei meu trajeto de retorno aos jardins. Um pouco antes da esquina da Haddock Lobo com a av. Paulista, mais um farol bloqueou meu caminho.
Vi quando outra criança, sem rosto e sem nome, saiu da guia da calçada, onde estava sentada e veio em direção aos carros parados. Torci para que não viesse até meu carro. Afinal, havia mais cinco companheiros de volante.
Mas ela veio. Parou junto à minha porta e disse:
- Tio!
Fingi que não era comigo e folheei o jornal que acabara de comprar.
Ela insistiu:
- Tio!
Procurei nas páginas esportivas as notícias sobre o Grêmio.
A pestinha bateu no vidro.
- Tio!
Nervoso, joguei o jornal no banco ao lado, abri a janela e exclamei:
- O que você quer, pô?
- O senhor tem uma caneta?
Pensei não ter entendido e pedi que repetisse a pergunta.
- O senhor tem uma caneta? – repetiu.
Atordoado, procurei uma caneta no porta-luvas, enquanto olhava para aquela menina ao lado do meu carro.
Devia ter lá seus nove anos. Tinha os olhos grandes e bem pretos, desses dizemos serem “de Jabuticaba”. Os cabelos eram castanhos claros, com cachinhos que se estendiam até a linha dos ombros. Tinha a bochechas salientes, não grandes demais, mas dessas que a gente sente vontade de beliscar ou até morder se a criança faz parte do nosso pequeno círculo familiar.
Perguntei-lhe o nome.
- Carolina!
Entreguei a caneta à Carolina. Segurou-a com a mão esquerda e, com a mesma mão, puxou levemente a camisetinha rota, um pouco furada, branca e encardida.
Com a direita, retirou de dentro um bloco de papel. Olhou para mim, abriu um imenso e lindo sorriso, mostrando aqueles dentes felizmente brancos e inteiros. Saiu andando compenetrada, rabiscando com a caneta o amassado bloco de folhas.
E eu fiquei lá, olhando para aquela menina que se afastava, caminhando com os pezinhos descalços naquela noite fria e garoenta, sem importar-me com o farol aberto e com os carros que buzinavam atrás, reclamando da minha indiferença e falta de respeito às leis do tráfego.
Voltei algumas vezes à mesma esquina, mas nunca mais vi a criança e não pude lhe dar as roupinhas, os livros infantis e os cadernos que desde então deixo em um pacote atrás do meu banco de motorista.
Agora que está chegando o Ano Novo, comprei um presentinho: bombons e barrinhas de chocolate. São desses que não custam quase nada e que ficam ao lado do caixa do supermercado. Deixo-as no porta-luvas.
Quem sabe ainda encontro a Carolina, entrego os presentes e digo com carinho: “Feliz Ano Novo!”.
 Enquanto isso não acontece, quando vejo que não há perigo, tenho surpreendido algumas crianças retirando da cartola os presentinhos.
Talvez você possa imaginar o rostinho que elas fazem, de surpresa, alegria e encantamento.
Você também pode imaginar como sorri a alma da gente!
Por que você não tenta fazer o mesmo em 2011?
Quem sabe você encontra a Carolina por mim?

Airton Gontow, jornalista

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Vencedor do Ídolos volta à terra natal

Giovani Jauris, Edson Penteado, Israel Lucero e Everaldo Jacques
O que era para ser um sonho acabou por se tornar realidade após ver um anúncio na televisão. 
Aos 18 anos, Israel Machado Lucero não tinha a dimensão do que se tornaria sua vida em 2010. Ainda era março e ele se inscreveu no programa Ídolos, da Rede Record. Ao todo, programa a programa, Israel foi superando as etapas, e no final, superou outros 43 mil inscritos e conquistou o prêmio de ser o melhor.
Apesar da representatividade do momento e do que a conquista lhe trouxe, um dos momentos mais marcantes de tudo foi cantar ao lado de seu ídolo, Daniel. “Tremi ao lado dele”, confidenciou. Mas tremer foi pouco para o que representou a conquista ao pequeno menino que se tornou grande entre os intérpretes brasileiros inscritos no programa apresentado pelo ator Rodrigo Faro.
Hoje, após lançar seu primeiro cd em dezembro, Lucero se prepara para iniciar sua turnê nacional, em Belém do Pará, em janeiro. “Depois, o céu será o limite”, garantiu. Israel espera agora receber um convite para cantar em sua terra, Uruguaiana. Aqui venceu a Califórnia Petiça Internacional, em 2007. “Ainda era gordinho, mas me marcou muito participar daquele festival”, lembra.
Nesta quinta-feira (30), Israel Lucero estará participando do programa “Bom Dia Cidade”, na rádio El Shadday 104.9 FM, apresentado pelo jornalista Everaldo Jacques. Israel contará sua trajetória, medos, aflições e conquistas. Uma conversa aberta e cheia de mensagens. Um presente de final de ano para a grande audiência da emissora. A partir das 7h30min. 


sábado, 25 de dezembro de 2010

Presidente Lula tem dados utilizados por estelionatários


Após invadirem o sistema da Previdência Social, hackers acessaram o cadastro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com os dados de sua aposentadoria conseguiram fazer dois empresários consignados no Banco Panamericano.nvestigações iniciadas em setembro de 2007 pela Polícia Federal chegaram à conclusão que o golpe foi aplicado via Internet, por hackers em Uruguaiana. Concluída a investigação em Brasília,o caso foi passado para a Justiça Federal que por sua vez, encaminhou para o Estado. Foram apurados inclusive os nomes dos beneficiários. Porém, por solicitação do promotor Rodrigo Vieira, por enquanto, os nomes não foram liberados.De acordo com Vieira, o inquérito não está em "Segredo de Justiça e está sendo conduzido pela Polícia Civil de Uruguaiana.A Promotoria Pública busca agora, com a Polícia Civil, montar o quebra-cabeça em torno do Crime de Inserção de Dados Falsos em Sistema de Informática. Os dois empréstimos efetuados em Uruguaiana somam pouco mais de R$ 5 mil. Para preencher os dados utilizados no cadastro, os fraudadores usaram palavrões no espaço destinado aos endereços dos beneficiários.

37ª Califórnia da Canção é adiada


A abertura oficial da Trigésima Sétima Califórnia da Canção Nativa, que estava marcada para hoje, não tem mais data definida para ocorrer.Problemas financeiros, como dificuldade de captação de recursos, inviabilizaram a realização do evento em 2010. A patronagem do CTG Sinuelo do Pago, responsável pela organização da festa, decidiu suspender a edição deste ano.O festival estava orçado em 300 mil reais. No final do mês passado, a Comissão Organizadora reduziu pela metade os valores a serem investidos e passou a contar com o apoio de 50 mil reais da Prefeitura. Mesmo assim, o festival não conseguiu sair do papel.
Com isso, perde a cultura do Rio Grande, que deixa de contar com a contribuição histórica do festival dos festivais; o público que acompanha há quarenta anos o evento que gerou a realização dos demais, e os artistas, que têm no palco da Califórnia a oportunidade de serem reconhecidos e valorizados pela criação musical.
O evento iniciou em 1971 e conta com a participação dos mais renomados compositores e intérpretes do Estado. A califórnia é responsável pelo surgimento de inúmeras canções memoráveis e de artistas que se consagraram ao longo dos anos. O palco do festival se tornou referência no nativismo gaúcho e, é, por decreto, patrimônio cultural do Rio Grande do Sul.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Uruguaianense vence o Açorianos 2010

O livro de poesia "Fim das Coisas Velhas", de Marco de Menezes Júnior, da editora Modelo de Nuvem, venceu o troféu da principal categoria do prêmio Açorianos de Literatura - O Livro do Ano. Esta é a primeira vez que o gênero poesia é contemplado com a premiação máxima, que destina além do troféu, R$ 10 mil ao ganhador. O prêmio, em sua 17ª edição, recebeu 192 inscrições. 
Menezes recebeu o troféu das mãos do secretário de Cultura de Porto Alegre, Sergius Gonzaga, na noite desta segunda-feira, no Teatro Renascença, durante a cerimônia de premiação. Outro troféu muito aguardado era o de Criação Literária - Conto, criado este ano para escolher a melhor coletânea de contos enviados pelos inscritos. O vencedor foi "Travessia - Quinze Contos Peregrinos", de Marcel Citro. Ele levou o troféu, R$ 10 mil e terá sua produção publicada.
Natural de Uruguaiana e morador de Caxias do Sul, Marco de Menezes Júnior, de 42 anos, publicou "As Horas Dragas" em 1999, "Pés de Aragem" em 2007, "Fim das Coisas Velhas" em 2009 e este ano "Ode Paranoide". O livro vencedor do Açorianos, segundo o autor, "é um discurso poético contra a situação de absoluta impermanência, onde tudo é transitório e frágil". 
Os destaques do ano foram para a Editora Libretos, de Clô Barcelos e Rafael Guimarães e o Gauchão de Literatura (Lú Thomé e Rodrigo Rosp). Este ano não foram entregues os prêmios destaques para Mídia Impressa, Rádio e TV.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Sessão especial em solidariedade ao povo palestino

Uma sessão especial, promovida pela Câmara de Vereadores de Uruguaiana, assinalou nesta terça-feira (30) o Dia Internacional de Solidariedade ao Povo Palestino. A sessão contou com a presença dos representantes da comunidade árabe-palestina e da Sociedade Beneficente Árabe-Palestina Brasileira de Uruguaiana. O dia internacional de solidariedade aos palestinos é comemorado em todo o mundo desde 1977, quando a Organização das Nações Unidas decidiu declarar o dia 29 de novembro como dia de reflexão sobre a diáspora palestina e a situação dos refugiados palestinos dos territórios ocupados por Israel no Oriente Médio.
O vereador José Clemente Corrêa (PT), proponente da sessão especial, lembrou a contribuição da comunidade árabe-palestina para o desenvolvimento do município, principalmente no setor do comércio e de supermercados. O vereador e o presidente da Câmara Municipal, Adalberto Silva (PP), fizeram a entrega de um certificado ao presidente da Sociedade Beneficente Árabe-Palestina Brasileira, Read Barakat Mahamad Jaber, em reconhecimento aos serviços prestados pela entidade à cidade de Uruguaiana. Barakat agradeceu a homenagem e a demonstração de solidariedade prestada pela Câmara Municipal. Ao final, Barakat presenteou com um lenço típico da Palestina cada um dos vereadores.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Psicologia: a felicidade passa por saber ceder

A programação da 34ª Feira do Livro de Uruguaiana continua com inúmeras atrações na praça Barão do Rio Branco. O final de semana foi intensa movimentação entre as alamedas da praça. Apesar do tempo instável de domingo, um grande número de pessoas esteve prestigiando o evento que será finalizado nesta terça-feira. Hoje (29), a grande atração fica por conta da participação dos psicólogos Marta Chemes e José Pérez Bahamonde. Eles estarão autografando “Ser Feliz y/o Tener Razón I e II”. Paralelamente a dupla ainda participa, às 17h, de uma palestra falando sobre a o assunto. O evento ocorre no Salão Nobre da Prefeitura Municipal. Confira a entrevista dos psicólogos ao jornalista Everaldo Jacques, apresentada no programa Bom Dia Cidade, da El Shadday 104.9 FM.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Chance para recomeçar


Instalado há 12 anos, o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) abriga hoje 42 adolescentes em Uruguaiana. Segundo a advogada Anita Pimentel, integrante da equipe técnica interdisciplinar, a instituição busca reintegrar os internos por meio de oficinas de tapeçaria, bijuteria, pintura em latas, entre outras. A iniciativa proporciona ocupação e profissionalização, além de gerar recursos que retornam aos jovens em forma de roupa, complemento alimentar e apoio financeiro à família do interno. Há ainda o projeto Recomeçar, com aulas de dança e teatro a 14 alunos.
Conforme Lúcia Moura, chefe da equipe de socioeducadores, os cursos despertam interesse e revelam aptidões. "Do hip-hop agora evoluíram para o tango e ritmos tradicionalistas", diz. O grupo tem se apresentado em festas e no Centro Cultural. Em 15 de dezembro, haverá celebração natalina, com apresentação teatral para amigos e familiares.
Para as profissionais, o Case permite a ressocialização plena do adolescente. Como exemplo, citam o primeiro interno do Centro, que hoje é professor de educação física. Elas lamentam, porém, os casos de reincidência.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

PF desencadeia operação contra o tráfico

A Polícia Federal desencadeia, nesta quinta-feira, a Operação Matriz em cinco Estados brasileiros e no Paraguai. Mandados de prisão preventiva estão sendo cumpridos em nove cidades gaúchas – Caxias do Sul, Uruguaiana, Flores da Cunha, Bento Gonçalves, Vale Real, Torres, Barra do Ribeiro, São Leopoldo e Ijuí. Sorocaba, em São Paulo; Cuiabá, Rondonópolis, Várzea Grande, Mirassol do Oeste, em Mato Grosso; e Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul, são outros municípios onde ocorre a ação para combater o tráfico de drogas. Ao todo são 41 documentos.
Também são cumpridos mandados em Assunção e em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. No país, está preso, no Presídio Nacional de Tucumbu, o articulador das quadrilhas responsáveis pela distribuição de drogas no Brasil, conhecido Pavão. Ele foi capturado em 2009, na cidade de Pedro Juan Caballero. Antes disso, havia sido detido pela Polícia Federal em 1994 em Santa Catarina, por tráfico de drogas. O governo brasileiro já solicitou a sua extradição, que deverá ser reforçada com novo mandado de prisão expedido no âmbito da Operação Matriz. Há informações de que o traficante tenha mandado executar um de seus desafetos, em em São Leopoldo, neste ano.
As investigações começaram há cerca de dois anos e tiveram a cooperação da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai. Nesse período, foi levantado que Pavão era o articulador do envio mensal de meia tonelada de pasta base de cocaína para o Brasil. A droga era transportada do Paraguai por via rodoviária escondida em veículos ou em pequenos aviões, de onde eram arremessados os pacotes de cocaína para serem recolhidos por outros traficantes ligados ao grupo.
Um desses lançamentos foi interceptado pela Polícia Federal na região de Uruguaiana, em 22 de julho deste ano, ocasião em que foram apreendidos 61 quilos da droga jogados de uma aeronave paraguaia.
Mais de 250 policiais federais participam da Operação Matriz, que teve essa denominação pelo fato da droga comercializada pelo grupo ser “carimbada” com a imagem de um leão, representando a “marca” do cartel fornecedor da droga. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Caxias do Sul.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Alunos do Sant'Ana apresentam projetos ecológicos na Câmara Municipal

Alunos do 1º ano do ensino médio do Colégio Marista Sant'Ana apresentaram aos vereadores, nesta terça-feira (23), dois projetos ecológicos desenvolvidos em sala de aula. Os alunos desenvolveram estudos sobre o aproveitamento da energia solar para iluminação de residências e sobre a produção de biodiesel a partir do óleo de cozinha. Os dois projetos foram apresentados pelos alunos em feira de ciências na PUCRS, em Porto Alegre.
Os dois projetos começaram a ser desenvolvidos no ano passado, quando os alunos estavam na 8ª série do ensino fundamental. Divididos em nove grupos de pesquisa interdisciplinar, os estudantes desenvolveram pesquisas relacionadas ao Aquecimento Global.
Acompanhados da orientadora pedagógica Giselda Meschi, os alunos fizeram uma breve exposição das pesquisas para os vereadores, no plenário da Câmara Municipal. O aproveitamento do óleo de cozinha para a produção de biodiesel e de sabão caseiro está sendo sugerido pelo Colégio Sant'Ana como projeto de geração de renda para 36 famílias da Vila Progresso, em parceria com a Secretaria Municipal de Ação Social. Segundo a orientadora pedagógica, a transformação do óleo de cozinha saturado em biodiesel pode gerar renda e evitar a contaminação dos recursos hídricos. A presença dos alunos foi requerida pelo parlamentar Luis Gilberto de Almeida Risso (PMDB).

domingo, 14 de novembro de 2010

Cidade se despede da aviadora Nydia

A comunidade uruguaianense lamentou a morte da professora Nydia Esther Souza, aos 90 anos, ocorrida às 23h55min da última quinta-feira, na Santa Casa de Caridade do município. Ela foi educadora emérita, condecorada pelo governo estadual ao completar 5 décadas de magistério, lecionando sempre na Escola Estadual Dom Hermeto, durante os 51 anos de carreira. Nydia e sua irmã Maria Edith Souza foram as primeiras mulheres do Estado a se tornarem aviadoras na turma de 1942 do Aeroclube de Uruguaiana. 

Nas horas vagas, a professora ainda nadava e jogava tênis. Fez parte ativa do Aeroclube de Uruguaiana, que completou 71 anos em 2010. Nydia lecionou no Jardim de Infância Domingos José de Almeida e na Escola Estadual de Ensino Médio Dom Hermeto. Em 28 de abril de 2009, ela recebeu honraria em Sessão Solene da Câmara de Vereadores, que marcou o Dia Internacional da Mulher, por serviços prestados a Uruguaiana na educação, no desporto e no pioneirismo na aviação gaúcha. O corpo da mestra e aviadora foi sepultado no Cemitério Municipal Senhora Sant''Ana às 17h dessa sexta-feira.

sábado, 13 de novembro de 2010

Comissão vai apurar denúncias de uso inadequado de agroquímicos no interior


Uma comissão formada por engenheiros agrícolas, técnicos em aplicação de herbicidas e pelo vereador Luis Gilberto de Almeida Risso irá apurar as denúncias de uso inadequado de agroquímicos no interior do município. As primeiras propriedades a serem inspecionadas pela comissão estão nas localidades de Capela do Ipané e João Arregui, onde um grupo de produtores de hortifrutigranjeiros alega estar sofrendo prejuízos econômicos pelo uso inadequado de agrotóxicos nas lavouras de arroz.
A formação da comissão foi a principal sugestão aprovada pelos participantes da audiência pública que debateu o impacto dos agrotóxicos no meio ambiente e na saúde das pessoas. A audiência reuniu produtores do interior do município e representantes de entidades como Emater, Associação dos Arrozeiros, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio Ibicuí, Justiça Federal, Secretarias Municipais de Agricultura e do Meio Ambiente, Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Instituto Riograndense do Arroz, empresas de aviação agrícola, pequenos produtores rurais e os vereadores Rafael Alves (PSDB), José Clemente Corrêa (PT) e Luis Gilberto de Almeida Risso (PMDB).
Segundo o engenheiro agrônomo João Carlos Batassini, da Emater, a aplicação inadequada dos herbicidas pode prejudicar pequenos produtores que estão apostando na diversificação da matriz produtiva do município. Para a agrônoma Cíntia Trojan, do Irga, o produto Gamitt mesmo sendo aplicado em condições ótimas sobre o solo, apresenta volatização e fica suspenso no ar, podendo ser deslocado pelo vento para outras propriedades rurais. “Mesmo em casos onde não há erro na aplicação, pode haver deriva do produto”, disse a agrônoma. O herbicida, apesar de ser apontado como o principal responsável pelo efeito identificado como “clorose” (embranquecimento das folhas), tem o uso considerado indispensável para a lavoura de arroz porque evita que plantas daninhas cresçam nas lavouras.
O presidente da Associação dos Arrozeiros, Walter Arns, considerou a audiência produtiva e esclarecedora. Segundo Arns, todos os produtores rurais podem ser atingidos por uma aplicação inadequada dos agroquímicos. Arns enfatizou que a Associação dos Arrozeiros está procurando treinar os trabalhadores das propriedades envolvidos com a aplicação terrestre de herbicidas. Neste ano, cerca de 100 pessoas foram treinadas.
Para o vereador Luis Gilberto de Almeida Risso, proponente da audiência pública, a primeira vistoria ocorrerá na próxima semana. O vereador pretende se deslocar até Ipané e João Arregui com técnicos do Irga e Emater para verificar as denúncias. Risso avaliou que a audiência foi produtiva. “Os próprios produtores sentem a necessidade de aumentar a fiscalização. Muitos pediram que a aplicação de agroquímicos no município seja regulamentada por legislação municipal, autorizando apenas empresas locais a aplicar o produto por terem treinamento”, avaliou. “Outro aspecto importante da audiência é que os técnicos tranquilizaram a população, afirmando que o herbicida não é prejudicial à saúde humana e está certificado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária”, acrescentou.
A Câmara de Vereadores de Uruguaiana irá encaminhar um documento ao fabricante do produto, solicitando pesquise uma nova fórmula do princípio ativo para diminuir a volatilidade do herbicida.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Uruguaiana ganha nova ambulância

O governo do Estado entregou ontem de manhã mais 14 ambulâncias ao programa Salvar/Samu. Na presença da governadora Yeda Crusius, houve ainda a assinatura de convênios para a construção de 14 unidades básicas de saúde, no valor total de R$ 5,8 milhões. As estruturas serão abertas nos municípios que participam do programa de Prevenção à Violência. Segundo Yeda, a entrega das ambulâncias atende ao processo de fortalecimento dos municípios. Ela parabenizou o aumento no interesse das cidades em participar do projeto de prevenção à violência. "Essa é a prova de que, para reduzir a criminalidade, é preciso investir primeiro na prevenção", afirmou.

Os veículos entregues estão equipados com suporte avançado de tecnologia, similar à estrutura de atendimento de uma UTI. As unidades integram o projeto do Ministério da Saúde (MS), que em maio deste ano repassou outros 118 veículos ao Estado. Segundo a secretária estadual de saúde, Arita Bergmann, com esse complemento, todo o RS passa a ter o atendimento pré-hospitalar móvel. Dentro da parceria com o MS, a secretaria é responsável por repassar mais de R$ 17 mil/mês por ambulância de suporte avançado aos municípios.
O serviço Samu/Salvar funciona por meio de ligação gratuita para o número 192. Receberam ambulâncias os municípios de Carazinho, Erechim, Frederico Westphalen, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Cachoeira do Sul, Lajeado, Venâncio Aires, Santana do Livramento, São Borja, Uruguaiana, Xangri-Lá e Santa Maria - que terá duas unidades. 

Detran vai triturar mais 600 veículos


O Detran/RS começou ontem o processo de reciclagem de 600 veículos, entre carros, motos e peças automotores, que estavam em um depósito de Porto Alegre. A finalidade é esvaziar a área que está sendo utilizada para manter esses veículos. 
Segundo o presidente do Detran, Sérgio Filomena, os veículos não tinham mais condições estruturais e de segurança para retornar à circulação ou estavam impedidos judicialmente. "Esse é um projeto pioneiro no país e que trará vantagens, como a redução de gastos ao governo do Estado", afirmou Filomena. Com a reciclagem e a liberação do terreno, mais de R$ 30 mil com o aluguel da área serão economizados. Antes da ação, o órgão buscou os donos e a Justiça, já que algumas unidades tinham restrições policiais. 
Para permitir a reciclagem, primeiramente será necessário fazer a descontaminação dos veículos. Em seguida, eles serão triturados e transformados em materiais ferrosos para o uso da indústria. A expectativa é que o serviço esteja concluído em 15 dias. Em 2009, foram recicladas mais de 3,2 mil unidades no RS.
Na próxima semana, o Detran abrirá licitação para contratar uma empresa que realizará a mesma ação no Interior. Ao todo, existem mais de 34 mil veículos que poderiam ser reciclados. O serviço ocorrerá em Uruguaiana, Canguçu, Eldorado, Cachoeirinha, Cambará do Sul, Gravataí, São Leopoldo, Alvorada, Sapucaia do Sul e Portão.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Uruguaiana já tem rainha para o Carnaval Fora de Época

O Carnaval Fora de Época de Uruguaiana de 2011 escolheu neste domingo (7) a composição de sua corte. Com dez candidatas a rainha e quatro candidatos a rei momo, o evento reuniu mais de cinco mil pessoas na Concha Acústica do Parque Dom Pedro II.  A escola de samba Unidos da Cova da Onça, atual campeã do Carnaval, foi a maior vencedora da noite. A vermelho e branco fez a dobradinha com o locutor e professor de dança Dudu do Samba (29), sendo escolhido Rei Momo e com a bela Patrícia Pereira (21), escolhida rainha. Ainda a representante da escola de samba Os Rouxinóis, Isabella Guedes da Silveira (23), foi escolhida 2ª princesa e Erika de Souza Almeron (18) 1ª princesa. Este ano, os componentes da Corte recebem ajuda de custo de R$ 500,00 mensais. “Estou feliz”, disse o novo rei momo, Dudu do Samba, enquanto Patrícia, a nova rainha, sequer acreditava que tinha sido escolhida. “Fiquei surpresa”, garante.
Érika, Dudu, Patrícia e  Isabella: corte do Carnaval 2011
Da editoria  - 08/11/2010

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

RF cria núcleo para frear o contrabando

Para desarticular a atuação de quadrilhas criminosas e coibir o ingresso clandestino de mercadorias no Estado, principalmente pelos 1,7 mil quilômetros de fronteira seca, a Receita Federal do Rio Grande do Sul criou um Núcleo de Repressão ao Contrabando e Descaminho. O trabalho de inteligência e troca de informações será sediado em Santa Maria e iniciará ainda em novembro.
O anúncio foi feito na tarde de ontem pelo superintendente da Receita Federal no RS, Paulo Renato Silva da Paz. "A cidade está em uma localização estratégica para coibir o contrabando e o descaminho de produtos que entram no Estado, tanto da Argentina e do Uruguai quanto do Paraguai", justificou Paz. 
Somente em 2010, houve um incremento de cerca de 30% de apreensões de mercadorias pela Receita Federal no RS em comparação ao mesmo período de 2009, totalizando até setembro deste ano aproximadamente R$ 22 milhões em autos de infrações lavrados, incluindo as ações contra a entrada irregular de produtos falsificados e pirateados. "Os fiscais que atuam no combate ao contrabando e ao descaminho flagraram somente este ano cinco caminhões tanques adaptados para o transporte de cigarros", exemplificou o superintendente. 
O núcleo terá como atribuições o planejamento e a execução das operações de repressão ao contrabando e descaminho nas zonas primárias, secundárias e de vigilância aduaneira da 10 Região Fiscal, nas áreas das delegacias de Santa Maria, Passo Fundo, Santo Ângelo, Uruguaiana e nas inspetorias de Livramento e Bagé, sob coordenação da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho, chefiada por André Fonseca. 
Paulo Paz adiantou ainda que a Receita Federal iniciou em outubro uma operação de fiscalização aduaneira sobre os importadores que declaram de forma inexata suas mercadorias. A operação, que deverá terminar em dezembro, foca os 50 maiores importadores pré-selecionados pela Receita. "Todos já fora intimados e a operação está na fase de apresentação de documentos." Ele afirmou que a ação ocorre simultaneamente em todo o Estado e a estimativa é que resulte em um montante superior a R$ 100 milhões devidos ao fisco. 
A descrição incompleta ou inexata das mercadorias importadas constitui irregularidade, dificultando o correto enquadramento tarifário, estando sujeita à multa de 1% do valor aduaneiro. Paz declarou que a medida também tem caráter educativo, para que os importadores aperfeiçoem as informações prestadas à Receita Federal nos despachos aduaneiros. 
Na ocasião, o superintendente da Receita no RS aproveitou para reforçar a necessidade de os viajantes procedentes do exterior efetuarem a declaração do conteúdo da bagagem ao ingressar no país. "O preenchimento, a assinatura e a entrega à autoridade aduaneira da Declaração de Bagagem Acompanhada, a DBA, são obrigatórios e dão maior segurança aos viajantes", salientou. Lembrou, ainda, que é preciso respeitar as cotas individuais de compras no exterior determinadas pelo Ministério da Fazenda: 300 dólares via terrestre e 500 dólares via aérea.

Fonte: Correio do Povo, 05.11.2010 

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Alunos e professores da Escola do Horto apresentam projeto escolar aos vereadores

Os alunos da 7ª série da Escola Nossa Senhora do Horto apresentaram aos vereadores de Uruguaiana, na manhã desta quinta-feira (04/11), as conclusões de um projeto escolar sobre o combate ao tabagismo. Acompanhados da supervisora pedagógica Maria da Graça Bermúdez e da professora Janete Campelo, os alunos apresentaram as conclusões de uma pesquisa escolar sobre o consumo de cigarros. O projeto abordou temas como o aumento do tabagismo entre os adolescentes, o consumo passivo do fumo pelos não-fumantes e as doenças associadas ao consumo de cigarros. A apresentação do projeto foi requerida pelo vereador Luis Gilberto de Almeida Risso (PMDB).

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

EADI realiza eventos com auditores

Intervenientes reunidos pela  EADI SUL
A Eadi Sul Terminal de Cargas Ltda, concessionária do Porto Seco rodoviário de Uruguaiana, organizou evento em suas dependências com o objetivo de integrar todos os órgãos intervenientes e realizar apresentação dos novos auditores e analistas da Receita Federal Barsileira, que se integraram às atividades do Porto Seco. Estiveram presentes no encontro o delegado adjunto e coordenador do porto seco, Carlos Frederico Miranda, o coordenador da ACI de Paso de Los Libres, Raul Rivero, o administrador da aduana de Paso de Los Libres (AFIP), Javier Bach, entre representantes do Mapa, Senasa, Ibama, Emater e Anvisa.Esta medida objetiva a integração e a agilização dos canais de comunicação entre todos que atuam no porto seco, resultando em melhorias no atendimento a todos os usuários. As autoridades também puderam constatar as obras que estão sendo realizadas na nova portaria do Porto Seco, prevista para ser inaugurada no fim do novembro próximo.

Frederico Antunes: Sancionada lei que altera estatuto do IRGA

Deputado uruguaianense na mesa de negociações
A governadora Yeda Crusius sancionou, nesta quinta-feira (28), a lei aprovada na Assembleia Legislativa, por unanimidade, que altera o estatuto do Instituto Riograndense de Arroz (Irga), em vigor desde 1948. A nova norma, defendida pelo deputado estadual Frederico Antunes (PP), modifica a forma de escolha do presidente da instituição que será feita, a partir de agora, por meio de uma lista tríplice indicada pelo setor produtivo e, posteriormente, encaminhada a chefe do Executivo gaúcho.

A legislação destaca que a tarefa de escolher a lista caberá ao Conselho Deliberativo, formado por 72 produtores de todas as regiões, e que é eleito pelos 18 mil arrozeiros gaúchos. Anteriormente à aprovação da nova diretriz, esta era uma prerrogativa exclusiva da governadora do Estado. 
Para Frederico Antunes, a nova lei demonstra valorização e respeito à classe produtora, além de maior autonomia ao IRGA. "Hoje é momento histórico para orizicultura no Rio Grande do Sul. Nossa reivindicação depois de anos foi atendida pelo governo do estado", finalizou. Frederico destacou também que o Rio Grande do Sul responde por mais de 60% da produção nacional de arroz.
Para o presidente do Irga, Maurício Miguel Fischer, a lei sancionada dará maior segurança para o Instituto, a partir de gestores vinculados ao setor arrozeiro, que trabalhem em busca de soluções para os problemas do setor.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

EMATER disponibiliza técnico para auxiliar pescadores

Em reunião realizada nesta terça-feira (26), na Câmara de Vereadores, em Uruguaiana, o secretário adjunto da Agricultura, Pecuária, pesca e Agronegócio, Ony Lacerda e o diretor da Emater, Romeu Rhode apresentaram o novo técnico da entidade que irá auxiliar os pescadores da Fronteira Oeste. Guilherme Menna Barreto irá trabalhar na elaboração de projetos que atendam às demandas dos pescadores dos municípios de Uruguaiana, Itaqui, São Borja e Barra do Quaraí. “A ação do técnico será permanente e os projetos que consolidem geração de renda e melhoria de qualidade de vida não serão interrompidos com a mudança do Governo do Estado em janeiro. Essa preocupação quanto à interrupção dos projetos não existe”, disse o secretário.

Durante o anúncio ficou definido também que a base logística do novo técnico da Emater será Uruguaiana. Em Uruguaiana atuam cerca de 250 pescadores profissionais que extraem 170 toneladas de pescado ao ano dos mananciais hídricos da região. De acordo com o deputado estadual Frederico Antunes (PP), que esteve representando a Assembleia Legislativa no ato, a decisão é altamente positiva para os pescadores da região. “A pesca é uma atividade importante e tradicional da Fronteira Oeste, mas lamentavelmente é pouco lembrada pelas instituições que deveriam oferecer estímulo e apoio. A presença do novo técnico da Emater renderá ótimos projetos na área da pesca para toda a região”, afirmou o parlamentar.
Participaram ainda da reunião os presidente das Câmaras de Vereadores de Uruguaiana, Adalberto Silva e de Quaraí, André Pinto, o presidente da Federação dos Pescadores do Estado, Vilmar Coelho, o presidente do Sindicato Rural de Uruguaiana, Julio Silveira, os vereadores de Uruguaiana, Gilberto Risso (PMDB), Josefina Soares (PSDB), Ronnie Mello (PP), Neray Kauffmann (PSDB), Rogério de Moraes (PSDB) e José Clemente (PT), além de entidades e lideranças ligadas ao setor da pesca.

domingo, 24 de outubro de 2010

Ação policial apreende 200kg de maconha

Em ação conjunta que envolveu a Polícia Civil, Brigada Militar, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, foram apreendidos, no início da manhã deste domingo (24), cerca de 200 Kg de maconha. A prisão decorre de informações, recebidas pelas forças policiais, de que cidadãos uruguaios estariam em Uruguaiana prontos para levar um carregamento de drogas para seu País. A droga seria procedente da cidade de Paso de Los Libres e seria transportada por traficantes uruguaianenses.  O trabalho investigativo conjunto e coordenado das forças policiais permitiu a prisão de três elementos, dois deles uruguaios, pelo delito de tráfico internacional de drogas.  Foram presos os cidadãos uruguaios W.A.S.G. e L.A.M.G, moradores da cidade de Taquarembó, assim como o brasileiro J.A.M.M, residente em Uruguaiana, os quais, após a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante, serão encaminhados à Penitenciária Modulada de Uruguaiana.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Câmara Municipal homenageia 10ª Coordenadoria Regional de Educação

O parlamento de Uruguaiana realizou sessão especial, nesta quinta-feira (21), para homenagear os 70 anos de atuação da 10ª Coordenadoria Regional de Educação no município. A solenidade foi requerida pelo vereador Rafael Alves (PSDB) e contou com a presença do secretário de Governo, José Alberto Leal, do diretor pedagógico Nilton Pereira, da Secretaria Estadual de Educação, e da professora Sara Cardoso, coordenadora da 10ª CRE.
No seu pronunciamento, o vereador Alves resgatou a história da Coordenadoria de Educação e relembrou o nome dos ex-delegados e ex-coordenadores regionais que passaram pela instituição. Dois dos ex-coordenadores regionais também foram vereadores da Câmara Municipal o professor Roberto Peró de Sousa e a professora Maria do Carmo Victorino.
A professora Sara Cardoso agradeceu a homenagem prestada pela Câmara Municipal e salientou que a educação deve ser uma prioridade para a sociedade brasileira. A coordenadora regional destacou ainda que nos últimos 70 anos, a 10ª CRE tem ajudado a escrever a história educacional da região. Atualmente, 43.279 alunos estão matriculados na rede pública estadual nos municípios de Uruguaiana, Alegrete, Itaqui, Barra do Quaraí e Manoel Viana.

Pela retomada do Plano Diretor

A Câmara Municipal e o Fórum Permanente para o Desenvolvimento de Uruguaiana irão encaminhar ao prefeito José Francisco Sanchotene Felice (PSDB) um ofício solicitando a imediata instalação de uma comissão para retomar os trabalhos de elaboração do anteprojeto do novo Plano Diretor do município. O encaminhamento da solicitação foi proposto e aprovado pelos participantes da audiência pública, promovida na noite de quarta-feira (20), para debater questões relativas ao tema.
A audiência pública, presidida pelos vereadores Ronnie Mello (PP) e José Fernando Tarragó (PSDB), contou com a presença de vereadores, representantes de diversas entidades sociais e profissionais como Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Sindicato dos Contabilistas, Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Uruguaiana, Movimento Nacional pela Moradia, Associações de Moradores de Bairros, Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), além de moradores.
O evento, porém, não contou com a presença de representantes do poder executivo municipal. A ausência do prefeito e de secretários municipais foi lamentada por todos os vereadores. Segundo o vereador José Clemente Corrêa (PT), a ausência dos representantes do Executivo “demonstrou o desinteresse” da administração municipal pelo assunto. Corrêa frisou que a competência para elaborar e dar andamento aos estudos do anteprojeto do novo Plano Diretor é do Executivo.
O vereador Rafael Alves (PSDB) salientou a necessidade de retomar os trabalhos de discussão e de elaboração da proposta de Plano Diretor paralisados desde 2006. O líder da bancada do PSDB também reconheceu que é necessário sensibilizar o Executivo para que constitua a comissão imediatamente. Para o presidente do Fórum Permanente para o Desenvolvimento de Uruguaiana, Lauro Delgado, a iniciativa de elaborar o plano diretor é de “transcendental importância para o futuro do município”.
O arquiteto Carlos Prudêncio, especialista em questões urbanísticas, alertou para a complexidade do trabalho de elaboração do projeto. “É uma tarefa complexa e demorada, requerendo a realização de várias audiências públicas para traçar as novas diretrizes do ordenamento urbano, rural e ambiental de Uruguaiana”, destacou. O prazo para a aprovação do novo Plano Diretor se esgotará em outubro de 2011 e o município pode ser penalizado pelo Governo Federal com a suspensão de repasses de verbas federais para programas sociais de moradia e saneamento caso o projeto não seja aprovado até a data limite. Na Fronteira Oeste, Uruguaiana é um dos poucos municípios que ainda não aprovou o novo Plano Diretor, conforme exigência do Estatuto das Cidades.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Senac-RS promove capacitação

A 5 Feira de Oportunidades do Senac-RS, que será desenvolvida hoje, irá atender interessados em capacitação para o trabalho nas unidades de 41 cidades do Estado. É no interior gaúcho que a entidade identifica um crescimento da necessidade de formação e qualificação profissional, com expectativa de atingir até 1 mil pessoas nas escolas dos municípios-polo, o que permitirá alcançar a meta de 40 mil atendimentos.
Para a gerente de marketing do Senac-RS, Cláudia Beretta, a feira é um evento que mostra a força de rede que a entidade apresenta. "Temos procurado ampliar a abrangência da nossa atuação, chegando a todas as regiões, como uma das maiores instituições de capacitação e formação profissional", destacou. Lembrou que os diplomas conferidos têm o mesmo valor em Uruguaiana ou Santo Ângelo, por exemplo. "A profissionalização pelo Senac garante visibilidade e certificação de competência a quem realiza nossos cursos", argumentou.
A expectativa positiva está presente nas unidades do interior do Estado. A diretora do Senac Santo Ângelo, Janine Brum, enfatizou que, na cidade, a característica é de ir ao encontro da comunidade. "Aqui, nós montamos uma estrutura na praça central, levando a entidade às pessoas, com uma série de atividades e serviços, como corte de cabelo, medição da pressão arterial, além de mesas de corte e costura", disse. Outra ação prevista é a realização de palestras sobre as oportunidades de formação disponibilizadas pela instituição em duas escolas da rede pública. "É cada vez maior o contato de empresas da região conosco para o preenchimento de vagas, principalmente na área de Montagem e Configuração de Computadores", citou Janine.
Em Uruguaiana, a diretora Oni Dias também está confiante no sucesso da 5 edição da Feira de Oportunidades. Tanto que, além de atender os interessados do município, também realizou uma palestra em Barra do Quaraí, mostrando a atuação da unidade. Outra ação que visa a mobilizar a comunidade será trazer alunos de escolas para assistirem às atividades. "Nossa intenção é disponibilizar, ao máximo de pessoas, o conhecimento sobre as principais oportunidades de formação para o mercado de trabalho que possuímos na cidade", enfatizou a diretora.
Oni salientou que uma das áreas mais procuradas dentro do contexto regional é a de comércio exterior, em virtude de a cidade contar com um dos maiores portos secos da América Latina. "É uma área de destaque, junto com os cursos de Enfermagem e de técnico em Informática."

Operação abrange rios e rodovias

A prevenção e repressão aos delitos fronteiriços e ambientais são os objetivos da Operação Fronteira Sul II, atividade do Comando Militar do Sul que prossegue até próxima sexta-feira. Diversas unidades do Exército atuam, desde segunda-feira, nas regiões de fronteira com a Argentina e o Uruguai, com a participação da Marinha do Brasil, Força Aérea Brasileiras e órgãos de segurança como a Polícia Civil, a Brigada Militar, a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal. A área de abrangência vai do Chuí (RS) ao município paranaense de Guaíra.

No Rio Grande do Sul, há patrulhas nos rios Uruguai e Quaraí em diversas rodovias e estradas vicinais. Foram instalados postos de bloqueio para realização de ações de abordagem, revista e coleta de informações sobre automóveis, barcos e transeuntes. A operação busca identificar situações irregulares, como o contrabando de armas e tráfico de drogas e problemas quanto à documentação de veículos e motoristas. No caso das equipes móveis, o local de atuação só é comunicado às unidades próximo do horário do deslocamento. 
Em Ijuí, a operação foi concentrada ontem em frente ao posto da Polícia Rodoviária Federal na BR 285. Em Palmeira das Missões, a estrutura do Exército foi montada no Parque Municipal de Exposições Tealmo Schardong. Uma unidade de saúde está instalada na praça Nassib Nassif, no centro da cidade. No local, são realizados exames de saúde e prestadas informações à população sobre as atividades do Exército. Na Fronteira-Oeste, as unidades subordinadas à 2 Brigada de Cavalaria Mecanizada também desenvolvem ações cívico-sociais em áreas carentes de Alegrete, Quaraí, Barra do Quaraí e Uruguaiana. São oferecidos às comunidades atendimentos médico e odontológico e serviços como corte de cabelo.
Em Uruguaiana, as equipes estarão à disposição dos moradores nesta quarta-feira, na comunidade de São Marcos. Em Quaraí, haverá prestação de serviços no bairro Gaudêncio Conceição. Em Barra do Quaraí, haverá palestra sobre prevenção de drogas e doenças sexualmente transmissíveis, no Centro Comunitário do Distrito de Gutierrez.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Quatro morrem em acidente de carro


Os corpos das vítimas do choque entre dois carros no início da madrugada desta segunda-feira, na fronteira oeste, somente foram liberados no início da tarde. A violência do choque deixou um rastro de destroços ao longo da margem da rodovia que liga o Brasil ao Uruguai. O trecho não é de muito movimento e a Polícia Rodoviária Federal ainda não divulgou as causas do acidente, pois poucas foram as evidências deixadas pelos veículos, que ficaram totalmente destruídos após o acidente que ocorreu a cinco quilômetros do centro de Uruguaiana. 
Passagem Everaldo Jacques: "O acidente que vitimou quatro pessoas, três de uma mesma família, aconteceu aqui, no quilômetro 586, da BR 472, que liga Uruguaiana a Barra do Quaraí, na fronteira com o Uruguai. Os veículos se chocaram logo em seguida a uma cursa, na saída de um pontilhão". 

Morreram no acidente Telmo Gomes de Lima, de 31 anos, condutor e único ocupante do Tipo, e Jorge Neves Goularte, de 43 anos, motorista do Gol, Ivanir Claudete Muller Goularte, de 36 anos e o filho do casal, Douglas Muller Goularte, de 15 anos. 
Os corpos foram velados em uma mesma funerária e sepultados no final da tarde desta segunda-feira no Cemitério Senhora Santana em Uruguaiana.


Da editoria - Everaldo Jacques 

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Vereadores visitam criatório em Santa Maria

Os vereadores José Clemente Corrêa (PT), Rafael Alves (PSDB) e Mauro Brum (PMDB) visitaram, na última quarta-feira (13), o Criatório São Braz, em Santa Maria, na região central do Estado. O objetivo da visita foi verificar as condições de saúde dos animais silvestres que foram retirados da empresa Imul, em abril de 2009, por agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).
Segundo o vereador José Clemente, a comissão parlamentar encontrou um criatório com boa estrutura e profissionais habilitados. “Constatamos que os animais estão em bom estado de saúde, apesar de duas capivaras, que foram levadas de Uruguaiana, terem morrido”, disse o vereador.
O criatório de animais São Braz, em Santa Maria, possui uma área de quatro hectares e certificação do Ibama. No local, os três vereadores conversaram com o proprietário das instalações e puderam conhecer o trabalho realizado pelos profissionais.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Câmara de Vereadores - 14/Outubro/2010

Estreia do basquete uruguaianense será no Colégio União

Em reunião realizada no gabinete do prefeito Sanchotene Felice, foi firmada parceira e apoio do Município para a participação da Liga Uruguaianense de Basquete (LUBA) no Campeonato Gaúcho da modalidade. Presentes na reunião os dirigentes da LUBA: Miguel Augusto Almerão, Reginaldo Grillo Zubiaurre, Rômulo Mena Barreto e o secretário municipal de Espores e Lazer, Vicente Majó da Maia. Em contrapartida ao apoio recebido da Prefeitura, a LUBA estará formando novos valores, por meio de escolinhas de basquete.
A equipe de Uruguaiana estreia – neste sábado (16), às 19h, no Colégio Metodista União, contra a fortíssima e tradicional equipe da Sogipa de Porto Alegre. No domingo (17), a equipe de Uruguaiana enfrenta Pelotas, no mesmo local. Ingressos gratuitos.

Fonte: Assessoria de Comunicação Prefeitura Municipal - 14/10/2010

Alunos do Instituto Elisa Valls visitam a Câmara Municipal

Acompanhados de professores, alunos de 3ª e 4ª séries do Instituto Estadual de Ensino Elisa Valls visitaram, na manhã desta quinta-feira (14), o gabinete da presidência e o plenário da Câmara Municipal de Uruguaiana. Os alunos foram recebidos pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Adalberto Silva (PP), e pelo assessor para assuntos institucionais, Loeci Albeche. Os estudantes ainda acompanharam a sessão ordinária e puderam assistir à aprovação dos requerimentos apresentados pelos vereadores. Um dos requerimentos, o de autoria do vereador Luis Gilberto de Almeida Risso (PMDB), será encaminhado ao prefeito José Francisco Sanchotene Felice (PSDB) para que estude a possibilidade da Secretaria Municipal de Educação realizar uma análise técnica nas escolas municipais quanto à necessidade de instalação de portas alternativas para saídas de emergência.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social/Câmara de Vereadores - 14/Outubro/2010

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Domingos x Monte Caseros: acidentes são uma constante

O cruzamento das ruas Domingos de Almeida e Monte Caseros tornou-se ponto comum para acidentes em Uruguaiana. Além de não haver um sinalizador (como é praxe até mesmo em esquinas menos perigosas), esse ponto da cidade conta com uma sinalização de trânsito, no mínimo, propícia a dúvidas. Isto porque a única placa indicativa de pare está situada atrás da arborização da quadra. Com isso, motoristas que utilizam a Monte Caseros para se deslocarem ao centro comercial da cidade, geralmente não têm tempo para visualizar o cruzamento. Os menos avisados (por serem forasteiros ou circularem pouco na área) correm, a cada momento, risco de envolverem-se em acidentes naquele ponto.
 Inúmeros acidentes aconteceram naquela área do centro sem que medidas fossem adotadas para evitar a continuidade de problemas como o verificado no final da manhã desta quarta-feira. O choque entre um automóvel Gol e um Pálio foi inevitável. O Volkswagem seguia pela Domingos de Almeida quando teve a frente cortada pelo Fiat. Apesar do susto não foram registradas vítimas na ocorrência. Detalhe: a Brigada Militar levou cerca de trinta minutos para atender o chamado. Segundo uma das envolvidas, a urgência no atendimento, em caso de acidentes, só se dá se forem registradas vítimas com lesões corporais. 

da editoria - Everaldo Jacques - 13/Outubro/2010

Cavalos poupados na vistoria do gado

Em uma área localizada a 22 quilômetros de Uruguaiana, em direção à Barra do Quaraí, o gado da Estância Florão já está acostumado com o ronco do motor das motos. Há dois anos, o veículo é utilizado, pelo menos, duas vezes por semana, para vistoriar e contar os 319 animais que estão nos 435 hectares de Luiz Fernando Simonetti. O criador comprou uma TT-R 125, da Yamaha, para agilizar o serviço. A moto só circula dentro da propriedade e é utilizada para poupar os equinos. "À cavalo, eu demorava pelo menos cinco horas para percorrer 20 quilômetros com o gado. De moto, são no máximo duas horas. Não é questão de substituição. O cavalo segue indispensável para a lida de mangueira, para laçar um animal", explica. O barulho da moto, que poderia ser um empecilho para sua utilização junto aos animais, não interfere na rotina dos animais segundo ele. "No início o gado se assusta, mas, ao criar uma rotina, ele aprende e não temos mais esse desafio. O segredo está em saber o que utilizar, para quê e em qual momento", recomenda. 

Embora contribua no andamento das tarefas, as motos não substituem os equinos. Geralmente, os animais que não apresentam condições para participar em eventos ou exposições, são absorvidos no trabalho da fazenda. "É com o cavalo que levo o gado para o brete, por exemplo. A moto agiliza o trabalho só quando o animal não é necessário e, por isso, é mais utilizada para o gado solteiro, de engorda", conta Simonetti. O diretor técnico da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) e da Cabanha A Tala, de Dom Pedrito, Gilberto Loureiro de Souza, explica que os cavalos são essenciais, por exemplo, na rotina de atenção ao gado bovino e ovino, principalmente nos períodos de parição, nos quais a revisão se intensifica para evitar perdas de terneiros, ocasiões em que o barulho das motos seria prejudicial. "As fêmeas mais jovens são revisadas de três a quatro vezes por dia. Na sequência do ano, temos um ciclo de atividades e obrigações sanitárias a cumprir, como aplicação de vermífugos, vacinações, identificação individual e outros manejos corriqueiros."

25 mortes no feriadão:uma em Uruguaiana

Pelo menos 25 pessoas morreram em acidentes de trânsito nas rodovias e nas ruas do RS no feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida. Os números levam em conta desde a noite de sexta-feira até as 19h de ontem. O empresário Jorge Francisco Keller, 58 anos, morreu ontem à tarde no Hospital Cristo Redentor. Ele estava internado, desde o início da madrugada de segunda-feira, quando ficou gravemente ferido, com queimaduras em 90% do corpo, no acidente em que morreu o diretor-presidente da CarHouse, Paulo de Tarso Teixeira, 53. 
Em Uruguaiana, o chapista Sérgio Aguirre Sinardi, de 60 anos, morreu quando o carro que conduzia ficou desgovernado e atingiu um poste de iluminação, na BR 472, no trevo de acesso a Uruguaiana. Conforme a Polícia, Sérgio precisou fazer uma manobra brusca para desviar de um veículo, que mudou de pista inesperadamente. Outros dois ocupantes ficaram feridos e permanecem internados na Santa Casa de Caridade. 

Rústica da Criança em Uruguaiana

A Rústica Dia da Criança 2010, promovida pela Associação dos Corredores de Rua de Uruguaiana (Acoru), foi a atração desse domingo na cidade. A prova teve 106 inscritos da Fronteira-Oeste e da Argentina, sendo 52 crianças, 45 adultos e nove iniciantes. A categoria geral, com percurso de 8,8 mil metros, foi vencida pelo argentino Andrés Esteban Altamirano, 27 anos. No feminino, a vitória ficou com a uruguaianense da Acoru Rosane Alves Medeiros, 27. Mel Clara de Oliveira Fanti, 8 anos, venceu todas as provas da categoria pré-mirim e Jean Carvalho, 14, conquistou a série de disputas do infantil. Any Costa, 7 anos, foi a corredora mais jovem e Floravante Pedroso, 70, o veterano em ação.

Incentivo a bandas marciais

O 2º Concurso de Bandas foi promovido em Uruguaiana no domingo passado, na Escola Estadual de Ensino Médio João Fagundes, sob a coordenação do maestro João Batista Soares. A realização foi da Liga Uruguaianense de Bandas, e teve a participação de representações de Caxias do Sul, Alegrete, Itaqui, Rosário do Sul, São Leopoldo, da anfitriã Uruguaiana e ainda da Argentina. A competição, que começou às 8h, foi encerrada somente às 23h. Conforme o maestro João Batista Soares, a atividade visou revitalizar e desenvolver o exercício musical entre os jovens e retomar a prática das bandas marciais e harmônicas de escolas e entidades. Ainda de acordo com Soares, o município, que chegou a contar com 50 grupos, hoje tem 24 deles atuando. Assim, promoções orientadas nesse sentido podem incentivar a modalidade que, além de descobrir talentos, une famílias e a comunidade escolar.

Fonte:Correio do Povo, 11/Setembro/2010

sábado, 9 de outubro de 2010

Operação fiscaliza Bacia do Uruguai

O Comando Ambiental da Brigada Militar (CABM) deu início à Operação Centauro Piracema, nessa quinta-feira à tarde, no Tamandaré Iate Clube, em Uruguaiana. O objetivo é coibir a pesca na Bacia Hidrográfica do Rio Uruguai. A atividade está proibida pelo Ibama desde o dia 1 deste mês e até 31 de janeiro de 2011. Este é o período de defeso, quando as espécies se reproduzem. A operação foi aberta pelo subcomandante do CABM, tenente-coronel Otacílio Maia Cardozo. 

A fiscalização acontecerá simultaneamente até amanhã às 12h, em 20 municípios das regiões Norte, Nordeste e Oeste do Estado. Serão percorridos 800 quilômetros do rios Uruguai, Ibicuí, Ibirapuitã e Quaraí. A ação envolve 70 policiais militares, 12 embarcações, 12 viaturas para apoio por terra e uma aeronave da BM. A operação terá apoio da Delegacia Fluvial de Uruguaiana e das autoridades navais da Argentina e do Uruguai. 

Quem for flagrado infringindo a instrução normativa do Ibama estará sujeito à penalidade de um a três anos de detenção e ao pagamento de multa que varia de R$ 700 a R$ 100 mil. Os equipamentos serão apreendidos. 
O tenente-coronel Otacílio Maia Cardozo salientou que a fiscalização ostensiva não é dirigida aos profissionais da pesca, por entender que a categoria tem consciência da importância do defeso à manutenção das espécies e à consequente preservação da atividade que alimenta centenas de famílias ribeirinhas. Segundo ele, é voltada, sim, aos contraventores que instalam acampamentos à beira do rio com freezers e equipamentos, chegando a retirar das águas, em um dia, o que os profissionais pescariam em um mês. 
A solenidade marcou ainda uma homenagem com entrega de troféus a colaboradores e ambientalistas que contribuem com o Pelotão Ambiental da BM e o processo preservacionista.

Fonte> Correio do Povo, 7/10/2010.